Slide background

A utilização de ultrassonografias durante o período gestacional não ocorre de maneira aleatória. Cada exame solicitado tem um objetivo específico e um período em que deve ser realizado.

A importância da ultrassonografia no início da gestação baseia – se na confirmação da vitalidade fetal e da idade gestacional, número de embriões e localização do saco gestacional.

A  ultrassonografia morfológica tem fundamental importância para avaliar anatomica e funcionalmente o crescimento e desenvolvimento do feto. O ultrassom morfológico de primeiro trimestre deve ser realizado preferencialmente entre  10 e 14 semanas de gestação e tem por objetivo o rastreamento de cromossomopatias e síndromes genéticas. O ultrassom morfológico de segundo trimestre deve ser realizado entre 20 e 24 semanas de gestação com o objetivo de avaliar a anatomia do feto.

O exame com Doppler associado é realizado para avaliar circulação sanguínea de mãe e bebê e é solicitado em situações específicas.

Graças aos avanços nesta área, o diagnóstico e tratamento de inúmeras patologias fetais tornou – se possível, viabilizando inclusive, procedimentos intra útero.