Slide background

A infecção pelo Papiloma Vírus Humano ( HPV ) é a doença viral sexualmente transmissível mais comum na população sexualmente ativa. O vírus dissemina – se através do contato sexual. Estima – se que 80% das mulheres e 50% dos homens que têm vida sexual ativa estejam infectados pelo HPV.

São conhecidos mais de 100 tipos de vírus. Enquanto alguns estão mais relacionados ao aparecimento de verrugas genitais, outros são mais oncogênicos, ou seja, têm maior potencial de levar ao desenvolvimento de câncer de colo de útero.

A imunidade de cada paciente é fator determinante na evolução da doença e, quando equilibrada e competente, pode ser responsável pela resolução espontânea do quadro. Pacientes com sistema imunológico prejudicado apresentam quadro mais grave. A vacina, atualmente disponível na rede pública para meninas de 11 a 13 anos, é imprescindível  na melhora da imunidade contra a doença.

Alguns exames contribuem para o diagnóstico: papanicolau, colposcopia, vulvoscopia,, biópsia e análise molecular de secreções do trato genital inferior.

O tratamento do HPV tem como objetivos a erradicação da infecção, eliminação de sintomas , interrupção da evolução e, consequentemente, quebra no ciclo de transmissão.

Exames de rotina  desempenham papel fundamental no diagnóstico de infecção silenciosa e procurar um especialista no caso de sintomas contribuem para diagnóstico e tratamento adequados. O uso da camisinha é a principal arma no combate à transmissão do HPV.