Slide background
Slide background

O climatério é o período na vida da mulher caracterizado pela queda progressiva dos níveis hormonais, ocorre principalmente na quarta década de vida e é ocasionada pela diminuição da produção dos hormônios femininos pelos ovários. Antecede a menopausa, que tem início quando a mulher está há um ano sem menstruar.

Grande parte das mulheres no climatério é acometida por sintomas que alteram suas funções cotidianas e promovem intenso desconforto. Os mais freqüentes são:

  • calores  associados a mal estar,
  • alterações de humor e sono,
  • ressecamento vaginal,
  • diminuição de libido,
  • alterações de pele e cabelo,
  • aumento de peso.

Algumas modificações deste período também podem levar a maior risco cardiovascular, maior chance de desenvolver hipertensão arterial e diabetes mellitus, além do risco maior de fraturas ósseas e alterações nos níveis de colesterol.

A terapia de reposição hormonal surgiu na década de 60 e é tratamento  comprovadamente eficaz para os sintomas climatéricos e para redução do risco de fraturas relacionadas a osteoporose. Porém, atualmente, devido aos possíveis efeitos colaterais,  a indicação do tratamento com hormônios é individualizada para mulheres no climatério e menopausa, considerando – se o custo / benefício da terapia. Para pacientes muito sintomáticas e sem contra indicação ao uso de hormônios, o tratamento pode ser indicado e deve ser acompanhado rigorosamente pelo ginecologista.

Mudanças no estilo de vida, como atividade física regular e alimentação equilibrada contribuem para a diminuição dos sintomas e aumento do bem estar, ou seja, ajuda a manter uma boa qualidade de vida neste delicado período da vida da mulher.